Micronutrientes benéficos da próstata

Micronutrientes benéficos da próstata

Quais os nutrientes favoráveis para o conforto masculino? Como agem?

O stress oxidativo: o inimigo número 1 da próstata!

Fala-se de stress oxidativo quando o organismo não consegue eliminar os radicais livres produzidos. As suas capacidades antioxidantes são excedidas pelos seus agressores que danificam os tecidos pela reação de oxidação. Na hipertrofia benigna prostática, a próstata sofre estas degradações amplificadas por um fraco número de células de reparação. Entende-se facilmente porquê estes antioxidantes, que protegem as células contra o stress oxidativo, têm um lugar na prevenção dos distúrbios prostáticos…

É o caso da vitamina C, E, selénio, e zinco! Demonstraram um benefício verdadeiro no homem no estudo, SU.VI.MAX, em grande escala e seguido durante 8 anos. O risco de sobrevivência do tumor prostático foi dividido por dois.

Por outro lado, o licopeno, poderoso antioxidante, demonstrou nos estudos, a sua importância na redução do risco de cancro da próstata.

Para além destas propriedades antioxidantes, o selénio permite regerenar as vitaminas C e E, também antioxidantes. Fala-se de sinergia cuja associação permite reforçar a sua eficácia!

Quanto ao zinco, é um verdadeiro trunfo masculino, que contribui para a manutenção de um nível normal de testosterona no sangue. A importância da função da testosterona no normal funcionamento desta glândula masculina, não deixa dúvidas!

Que dieta permite tirar proveito desses valiosos micronutrientes?

Encontramos o licopeno no tomate, sobretudo cozido. Assim, previlegiar os molhos e sopas para tirar vantagens de todos os seus benefícios. Além disso, se for acompanhado por um pouco de azeite,  otimiza a sua eficácia porque é liposolúvel ou seja dissolve-se na gordura.

Entre as fontes de vitamina C, encontramos o kiwi, a salsa, mas também os citrinos enquanto que a vitamina E está nos óleos vegetais, sementes e gérmen de trigo. O zinco, encontramo-lo nos produtos do mar, na carne, nas vísceras assim como o selénio também presente na noz do Brasil.

Percebe-se assim, que promover uma alimentação diversificada é a melhor forma de cuidar da sua próstata!



Claire Alcalay


References:
JOSHI S. et al. « Dietary zinc deficiency effects dorso-lateral and ventral prostate of Wistar rats: histological, biochemical and trace element study. » Biol Trace Elem Res. (2014).
HERCBERG S. et al. « The SU.VI.MAX Study: a randomized, placebo-controlled trial of the health effects of antioxidant vitamins and minerals. » Arch Intern Med. (2004)